Gestão de Riscos na Prática



Segundo a jurisprudência do TCU.

 

Carga horária: 16 horas.

 

Professor: Carlos Renato Araujo Braga.

 

Questões relevantes a serem tratadas:

Compreenda os elementos de um sistema de gestão de riscos;
Compare elementos de políticas de gestão de riscos;
Vivencie a execução de um processo de gestão de riscos;
Identifique oportunidades de melhoria na gestão de riscos de sua organização;
Aprenda por meio de atividades práticas e jogos…é mais divertido e eficaz!


Apresentação:

Tema ainda não plenamente consolidado no setor privado, a governança corporativa vem entrando na pauta das organizações públicas ante a crescente demanda da sociedade pela ampliação da gama e melhoria da qualidade dos serviços que lhe são ofertados pela Administração Pública.

Em todos os modelos de governança existentes (inclusive no contido no “Referencial Básico de Governança Aplicável a Órgãos e Entidades da Administração Pública”, publicado pelo TCU), as práticas de gestão de riscos são basilares para a governança.

Modelos nacionais e internacionais sobre o tema (por exemplo, família ISO 31000) preconizam que as organizações devem estabelecer políticas de gestão de riscos, contendo as diretrizes para os processos de gestão de riscos, e também um processo para realizar a gestão de risco, descrevendo como essa gestão deve ser realizada. Esses 2 elementos (definição de política e de processo de gestão de riscos) também estão nas orientação contidas no Acórdão 1.273/2015-Plenário do TCU.

Em maio de 2015, a gestão de riscos tornou-se obrigatória para o poder executivo federal, por maio da Instrução Normativa Conjunta – MP/CGU 1/2016.

Esta capacitação tratará gestão de riscos na prática, de forma que os participantes possam comparar escolhas feitas entre algumas políticas de gestão de riscos publicadas e ainda possam realizar gestão de riscos em um processo típico, utilizando um processo de gestão de riscos proposto.


Objetivo:

Com base nos modelos de gestão de risco existentes (Coso, família ISO 31000, …), o participante compreenderá os elementos de um sistema de gestão de riscos até comparar elementos de políticas de gestão de riscos e executar um processo de gestão de riscos, identificando oportunidades de melhoria neste tema na sua organização.


Público alvo:

Todos os agentes que devem participar das ações para implantação de gestão de riscos nas organizações públicas, como a alta administração da organização e seus assessores, integrantes de comitês (estratégico, de riscos, de governança, …) e da auditoria interna, representantes das áreas de negócio, orçamentária, financeira, planejamento, recursos humanos e tecnologia da informação.


Resumo do conteúdo programático:

1. Conceitos centrais

• Riscos e conceitos associados

• Instrução Normativa Conjunta-MP/CGU 1/2016

2. Modelos de gestão de risco

• Coso, família ISO 31000, …

• INC-MP/CGU 1/2016

3. Política de gestão de riscos

• Elementos de uma política de gestão de riscos

• Comparando escolhas feitas em políticas de gestão de riscos

4. Processo de gestão de riscos

• Caracterizando um processo de gestão de riscos

• Executando um processo de gestão de riscos


Professor:

Carlos Renato Araujo Braga
Graduado em Engenharia de Computação pelo Instituto Militar de Engenharia (1988-1992), especialista em Contabilidade e Orçamento Público pela Universidade de Brasília (2006-2007) e em Educação de Adultos pela Intosai Development Initiative (2010-2011). Possui as certificações CISA® (Certified Information Systems Auditor), CIA® (Certified Internal Auditor), CGAP® (Certified Goverment Auditor Professional), CCSA® (Certified in Control Self Assessment), CRMA®  (Certification in Risk Management Assurance) e CCI (Conselheiro de Administração certificado pelo IBGC). Auditor Federal de Controle Externo do TCU desde 2003. Ocupa a função de diretor na Secretaria de Controle Externo de Aquisições Logísticas (Selog/TCU), tendo sido anteriormente diretor na Secretaria de Fiscalização de Tecnologia da Informação do Tribunal de Contas da União (Sefti/TCU). É instrutor do Instituto Serzedello Correa do TCU desde 2006. Larga experiência em treinamentos na área de controle e auditoria, inclusive auditoria de TI. Conferencista nos principais Congressos Nacionais e Latino-Americanos na área de controle e auditoria de TI. Artigos publicados (revista do TCU e Zênite, entre outras).

Visite www.renatobraga.net.




Conhecimento e Resultado


+5561981772138