Curso A Importância dos Inventários de Almoxarifado e Patrimônio para a Prestação de Contas



Público Alvo:

Servidores públicos estaduais e municipais ligados diretamente a área de almoxarifado e patrimônio, membros de comissão de inventario, gestores e demais interessados.

 

Programa:

  • O inventario e sua obrigatoriedade, Lei n 4.320/1964;
  • Regimento interno TCE-ES e o inventario;
  • Periodicidade conforme a Resolução TCE/ES nº 164/2001;

Comissões de inventario

  • Quem deve compor as comissões;
    • Comissão e a segregação de função;
  • Atribuições da comissão, conforme Decreto nº 1.110-R, de 12/12/02 e Resolução TCE/ES;
  • Identificação patrimonial e confrontação com os dados contábeis.

O Inventario e seu processo  de contagem

  • Registros analíticos (Setor de Patrimônio);
  • Registros sintéticos (Setor Contábil)
  • Realização de inventário.

Tipos de Controle:

  • Controle interno;
  • Controle Externo

Termo de Responsabilidade.
Programa de auditoria ordinária

  • Objeto:
    • Bens Patrimoniais Permanentes.
  • Objetivo geral
  • Objetivos específicos

A atuação do TCE/ES na fiscalização.

 

 

Obs.: a palestra abordara casos recentes de erros cometidos por órgãos públicos, que seriam fáceis de evitar, com um conhecimento da legislação vigente.

 

Luciano Ribeiro Pereira

Pós Graduado Gestão Pública pela FGV. Trabalha com a Gestão de Materiais e Patrimônio no Serviço Público no Espírito Santo a mais de 10 anos. Professor dos Cursos de Gestão Patrimonial e Gestão de Almoxarifado. Administrador, servidor da Secretaria de Gestão e Recursos Humanos, atua na comissão de revisão do Decreto de Patrimônio e da Criação dos Manuais de Procedimentos para Almoxarifado e Patrimônio.

 



Conhecimento e Resultado


+5561981772138