Assessoria de Imprensa Digital: A Força do Jornalismo do Futuro




 

Carga horária: 16 horas

Data de Realização: 03 e 04 de dezembro de 2015.

Professor: Luiz Marchesini


Apresentação:

A tecnologia a serviço do jornalismo. O que é webjornalismo e as diferenças entre cyber jornalismo, jornalismo digital e jornalismo on-line. A história do webjornalismo no Brasil e no mundo. Novas técnicas, ferramentas e possibilidades tecnológicas adaptadas ao jornalismo tradicional na web. Hiperlinks, interatividade, multimídias, informações em Nuvens como complementos às notícias sem prejuízo da qualidade do jornalismo e da informação. Jornalismo cidadão (wiki) e jornalismo on-line, um encontro possível entre informação e conhecimento. Multiângulos e visões da notícia. A nova lógica da disseminação da informação após a Revolução Digital. Web 1,2,3,4.0. Webjornalismo e a potencialidade aumentada do jornalismo investigativo. Novos recursos, novos formatos, análise de dados, Google News Lab, Google Analytics, web tv (Youtube), Nuvens, meta dados, novas mídias, análise de comportamento, internet quântica. Desafios de um jornalismo de qualidade no emaranhado de informações na Web.

Objetivo:

Capacitar o discente a conhecer e a exercer as novas formas de jornalismo utilizando a rede de dados e plataformas de diferentes canais na Web, como o jornalismo on-line, o web jornalismo, o jornalismo eletrônico, o cyberjornalismo e conhecer as diferentes formas e maneiras de publicações noticiosas veiculadas às redes telemáticas (sites, blogs, micro blogs, redes sociais, comunidades virtuais, portais, mobile etc.). Tomar ciência dos atuais desafios das mídias tradicionais perante às mídias digitais. Fazê-los conhecer e a exercer o potencial ferramental à disposição do webjornalismo para a investigação na Web e as diferentes formas de disseminação da notícia por meio dos recursos existentes, tecnologias e técnicas adequadas. Habilitar o aluno ao planejamento e a produção de conteúdos jornalísticos hipertextuais, multimidiáticos e interativos. Estimular a visão crítica do discente quanto aos produtos de jornalismo on-line. Apresentar as tendências para o futuro da web, do webjornalismo e como o profissional deve se adaptar ao novo jornalismo, ao jornalismo cidadão, às redes sociais fechadas e as milhares de informações pueris e como retirar o joio do trigo.

Metodologia:

Aulas expositivas, participação dos alunos, debates, navegação em sítios da internet com análise e discussão. Estudos de casos. Criação de uma ferramenta de comunicação entre os alunos (blog, Twitter, Facebook, boletim eletrônico) para o comento das aulas..

Resumo do conteúdo programático:

  1. O que é web jornalismo;
  2. Diferenças conceituais entre jornalismo on-line, cyber jornalismo, web jornalismo e jornalismo digital;
  3. Como e quando nasceu o web jornalismo no mundo e no Brasil;
  4. A evolução do jornalismo on-line no Brasil;
  5. Jornalismo nas novas mídias hoje;
  6. A tecnologia a serviço do jornalismo – novas ferramentas na informação jornalística;
  7. Como o jornalismo tradicional utiliza o webjornalismo e do jornalismo on-line;
  8. O Profissional de Webjornalismo;
  9. O tamanho do Mercado para o Webjornalismo no Brasil;
  10. Formatos de texto e formas de disseminação por meio de Blogs, Twitter, Facebook, Podcast, youtube
  11. Interatividade com o leitor. Novos desafios para o profissional jornalista;
  12. Linguagem multimídia, Interatividade. Direitos autorais;
  13. Web jornalismo e o jornalismo investigativo na web;
  14. Análise, filtragem, comprovação de dados. Ferramentas, técnicas e recursos;
  15. Google Anlytics, meta dados;
  16. Web tv, IPTV, internet mobile, novas mídias;
  17. Jornalismo cidadão, jornalismo colaborativo (wiki);
  18. Informação e contrainformação;
  19. Web 1,2,3,4.0;
  20. Análise de comportamento e a Internet Quântica;
  21. Desafios e tendências.

Professor:

LUIZ MARCHESINI

Formado em jornalismo pela Universidade Hélio Alonso em 1992 (FACHA), com Pós-graduação em Marketing pela Universidade Estácio de Sá, MBA em Gestão de Projetos Culturais pela Universidade Cândido Mendes, pós-graduação em Gestão de Projetos pela Università di Salerno, Itália. É diretor da empresa Top Midia Comunicação e Cultura desde 1992, trabalhou nos jornais cariocas O Globo e O Dia e foi fundador e editor, por nove anos, do jornal de bairro Folha de Santa Teresa. Criou a primeira Galeria de Arte na Internet em 1998, a Art Brazil Gallery. Foi webmaster do site do Instituto de Professores Públicos e Particulares, editor do jornal eletrônico EasyNet News do provedor de acesso a Internet com o mesmo nome, repórter da revista Internet Business (Editora Ouro), redator da Intranet da Xerox do Brasil (como outsourcing da empresa Mídia Lab) e webjornalista para os portais WEBB Negócios on-line, WAProductions e para o site da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, ao trabalhar por cinco anos no Departamento de Comunicação Social da Casa legislativa.

 



Conhecimento e Resultado


+5561981772138